BRASPEN News: Mantenha-se conectado

Atualizado: 3 de set. de 2021




Elaborado por: Claudia Satiko Takemura Matsuba

Presidente do Comitê de Enfermagem da BRASPEN, enfermeira especialista em TNE e TNP pela BRASPEN e Doutora em Ciências da saúde


Mantenha-se CONECTADO: segurança do paciente na Terapia Nutricional


Segundo dados da Organização Mundial da Saúde1, na década passada cerca de 100 mil norte-americanos morriam anualmente nos hospitais, vítimas de eventos adversos (EA), ocasionando gastos dos sistemas de saúde de 17 a 29 bilhões de dólares.


Atualmente estes eventos podem ocorrer em qualquer segmento da saúde, pois são multifatoriais, envolvem o ambiente de trabalho e o baixo nível de preocupação com a segurança do paciente e fatores externos, como o meio ambiente e políticas legislativas (2). Por existirem fluxos e atuação de diversos “atores”, a terapia nutricional não está isenta de erros.


Um estudo brasileiro inédito mostrou que todas as etapas da terapia nutricional possuem seus riscos inerentes, mas segundo os profissionais das EMTNs, 75,8% atribuíram a etapa da administração da dieta enteral como de maior risco (3).


Outros autores demonstraram que nesta etapa, os erros poderiam ser atribuídos principalmente pela troca da via intravenosa e via enteral, ocasionando infusões de dieta enteral na corrente sanguínea, com piora clínica como queda de saturação, hipotensão, taquicardia e óbito4 e, anualmente, cerca de 100.000 casos suspeitos de erros de conexão tem sido notificados aos órgãos de saúde norte-americanos (5).


No Brasil, publicações sobre erros de conexão ainda são incipientes, mas alguns já foram veiculados pela mídia, como a morte de uma paciente hospitalizada na qual foi administrado acidentalmente café com leite no acesso intravenoso56 e outro, em situação semelhante, como a infusão de sopa no cateter intravenoso, provocando a morte de uma idosa (7).


No Brasil, iniciativas para mitigar erros vêm sendo desenvolvidas por alguns órgãos como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), o Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos (ISMP), o Conselho Regional de Enfermagem, no qual publicaram, também, recomendações sobre prevenção dos erros de conexão e manejo das conexões corretas entre cateteres e sondas.


Considerando a necessidade de promover uma maior reflexão da prática do enfermeiro especialista em TN e seu impacto na mitigação dos EA, foi elaborada uma estrutura mnemônica com a palavra “CONECTADO”, conforme apresentado abaixo (8):





A despeito da diversidade de equipamentos e dispositivos presentes no mercado, a equipe de enfermagem ainda está exposta a riscos para EA na administração da TN. No entanto, devido à maior conscientização dos enfermeiros especialistas em TN, aliado aos esforços das indústrias farmacêuticas para aumentar a qualidade, este panorama tem se modificado gradativamente(7).

Acredita-se que as ações propostas nesta Campanha poderão promover uma maior reflexão do cuidado pela equipe de enfermagem, auxiliar na minimização dos EA e aumentar a segurança na área da saúde.


Referências:


1. World Health Organization (WHO). Patient safety: rapid assessment methods for estimating hazards. Geneva: WHO; 2003.


2. World Health Organization (WHO). World Alliance for Patient Safety, Taxonomy. The conceptual framework for the international classification for patient safety. Geneva: WHO; 2009.


3. Matsuba CST. Eventos adversos em terapia nutricional: percepções dos profissionais da equipe multiprofissional [tese]. São Paulo: Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo; 2019.


4. Elmas B, Özdemir Ö, Bingöl Aydın D. Anaphylaxis Development after Intravenous Injection of Cow’s Milk. JAREM 2017; 7: 95-8.


5 The U.S. FDA Center for Drug Evaluation and Research. (2018, October 10). Information for Consumers (Drugs) - Working to Reduce Medication Errors. Disponível em: Working to Reduce Medication Errors | FDA. Acesso em: 18 agosto. 2021.


6. Tabak B. Jovem que aplicou café com leite na veia de idosa tinha só 3 dias de estágio. G1 [Internet]. 2012 out. 17 [citado 2017 Jan 26]. Disponível em: http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/ noticia/2012/10/jovem-que-aplicou-cafe-com-leite-na-veia-deidosa-tinha-so-3-dias-de-estagio.html


7. Gavazzi D. Mulher de 88 anos morre após receber sopa na veia em hospital do RJ. Jornal Hoje [Internet]. 2012 out. 10 [citado 2017 Jan 26]. Disponível em: http://g1.globo.com/jornal-hoje/ noticia/2012/10/mulher-de-88-anos-morre-apos-receber-sopana-veia-em-hospital-do-rj.html


8. Matsuba CST, Serpa LF, Maciqueira SR et al. Campanha “Mantenha-se Conectado”: 9 passos importantes para promover a segurança nos erros de conexão em Terapia Nutricional. BRASPEN J 2019; 34 (1): 24-31.


1.670 visualizações